terça-feira, 28 de setembro de 2010

Todos os amores são pra sempre; a gente que perde a fé.

Voltar a escrever
é reatar um romance antigo.

Dar-lhe um banho de sais e ervas
e entendê-lo
e aceitá-lo
sem
duvidar
que
sua magia
é ,
mesmo na descrença,
infinita.

Um comentário:

nascida disse...

tu é meu eterno amor!
e teus escritos sempre falam com meu coração. que sempre reate amores com eles pois eles são pura luz!