sábado, 27 de fevereiro de 2010


Eu sou de toda a terra,

e,

por ser dela,

vivo de prazer.

Um comentário:

nati, natalicia, kinambel disse...

que saudade!
te amo
linda!
como ela
tu e a terra
me fazem chorar