sábado, 12 de julho de 2008

Ando correndo por ruas estreitas
sobre o concreto
subo o concreto
chego no quinto andar de minha nova moradia
acostumando com esse chão azulejo frio e longe da terra
tenho aquecido minha solidão com o tesão que tenho em mim
alugo filmes
é viciante essa coisa de trazer histórias pra dentro de casa
O resultado de viver esse embaralhado de deusas
é que se torna cada vez mais simples o complexo da vida
permito gargalhadas e
afloro meus arrepios
nada pior para o autoconhecimento do que a auto censura
então
sussurro pra quem estiver afim de ouvir
Não tenho permitido mais a minha velha coitada vítima caminhando curvada de bengala
Acredito que virgem Maria gostava muito de sexo
É certo que Jesus foi luz de prazer
Meu corpo
dança
dança
dança

Um comentário:

Faraid disse...

Oi
Cómo va Fer, tudo bom??

Así que este é tu blog,
que bom...

aquí conhecerás el mío,
y si vas a los links del costado
también puedes olhar el de Vero

Salúos,
un abrazo...

ahó
(Marco)